Rádio RBG

Noticias

Governo Trump anuncia operação maciça contra as cidades-santuário dos EUA

por Law Offices of Witer DeSiqueira


Thomas Homan, diretor do Immigration and Customs Enforcement (ICE) revelou novos planos para acabar com as “cidades santuário”, incluindo a contratação de mais de 10.000 agentes.

Homan disse que vê cidades santuário como San Francisco, Nova York, Filadélfia e Chicago como “ridícula” e, portanto, planeja dirigir uma grande operação com 10.000 agentes adicionais para prender imigrantes indocumentados nesses lugares, como indicado em uma entrevista com o Washington Examiner.

Desde que Trump chegou à Casa Branca as travessias clandestinas caíram quase 70%, e as prisões de imigrantes sem documentos aumentou em 40%.

Ele atacou novamente as autoridades estaduais e locais que não cooperarem com os esforços do ICE para deportar imigrantes indocumentados depois de serem presos. Ele disse que esta realidade torna a tarefa do ICE mais perigosa porque seus agentes devem tentar localizar os suspeitos nas ruas uma vez que são libertados de prisões locais.

O alto funcionário disse que, com a queda nas travessias ilegais foi dada a oportunidade de redirecionar recursos dentro do país, prendendo imigrantes indocumentados que estavam em prisões ou aqueles que vivem e trabalham ilegalmente nos EUA. No entanto, ele disse que sua agência vai continuar a dar prioridade máxima para os criminosos estrangeiros e aqueles que representam uma ameaça para a comunidade.

“O Presidente Trump basicamente nos disse: Agora você pode fazer o seu trabalho, fazer cumprir as leis. Isso é algo que estive esperando por mais de uma década”, concluiu o diretor do ICE.

 

Fonte: www.ice.gov

OBS.: O propósito deste artigo é informar as pessoas sobre imigração americana, jamais deverá ser considerado uma consultoria jurídica, cada caso tem suas nuances e maneiras diferentes de resolução. Esta matéria poderá ser considerada um anúncio pelas regras de conduta profissional do Estado da Califórnia e Nova York. Portanto, ao leitor é livre a decisão de consultar com um advogado local de imigração.

As novidades da RBG em primeira mão pra você